//Amor: Um Samaritano Moderno

Amor: Um Samaritano Moderno

À beira de um rio, em certa ocasião, caminhava distraído um jovem, preocupado com seus pensamentos, quando os pés falsearam e caiu sobre a corrente. Atraída a multidão, um homem se propôs atirar-se à água, quando lhe advertiram:
“Não perca seu tempo. É um judeu. Deixe-o morrer”. Mas não foi atendido.
O homem atirou-se à água e, depois de muitos esforços, conseguiu salvar o afogado. Grande, porém, foi a decepção dos presentes: o afogado era um cristão como os demais, e o salvador, este sim, era um judeu!
Depois de dezenove séculos, um judeu provava ter mais amor a Deus e ao próximo do que o cristão, bem como outrora, quando o samaritano, herege e desprezado, mostrava mais misericórdia do que o sacerdote e o levita.