/#002 – Modelo e Estrutura para pregação

#002 – Modelo e Estrutura para pregação

Este é um modelo, uma estrutura para apresentação de sermão.

Você pode utilizar esta estrutura como exemplo para desenvolver o seu próprio modelo. É claro que dependendo do tipo da passagem, do tipo de sermão, essa estrutura sofrerá variações, para se adaptar da melhor maneira ao objetivo da pregação.

O modelo abaixo é indicado para uma pregação de no máximo três pontos principais, seguindo um fluxo de pensamento lógico que se encontra no próprio texto Bíblico, deste modo, a exposição (explicação) do ponto um, leva ao ponto 2, a exposição do ponto dois, leva ao ponto 3 e a exposição do ponto 3 leva a conclusão da pregação.

Um sermão com este modelo tem a duração aproximada de 40 minutos.

  1. Apresentação
    [O pregador se apresenta e contextualiza os ouvintes a respeito do tema da pregação]
  2. Anúncio do texto bíblico
    [O pregador anuncia para os ouvintes qual será a passagem bíblica utilizada na pregação]
  3. Leitura do texto
  4. Oração inicial para compreensão do texto
  5. Anúncio dos pontos da pregação
    [O pregador anuncia para os ouvintes os pontos principais da pregação, esta é uma maneira de preparar o auditório para a exposição que virá a seguir – seria como dar aos ouvintes um mapa da pregação, umas vez que eles não tem nosso sermão em mãos ]
  6. Pregação
  1. Re-leitura do verso que fundamenta o primeiro ponto da pregação;
  2. Explicação do primeiro ponto com base no texto lido;
  3. Transição para o segundo ponto;
    [Transição é o momento que o pregador parte de um ponto para outro no sermão, ela deve ser realizada por frases ou palavras de transição. Exemplo: Vejamos agora o segundo motivo pelo qual Jesus disse que …]
  1. Re-leitura do verso que fundamenta o segundo ponto da pregação;
  2. Explicação do segundo ponto com base no texto lido;
  3. Transição para o terceiro ponto;
    [Exemplo: Então vejamos o terceiro motivo pelo qual Jesus disse que …]
  1. Re-leitura do verso que fundamenta o terceiro ponto da pregação;
  2. Explicação do terceiro ponto com base no texto lido;
  3. Transição para a conclusão;
    [Exemplo: Portanto meus queridos irmãos … ]
  1. Aplicação geral e conclusão
    [O pregador tira uma lição presente no texto bíblico e aplica essa lição dentro do contexto em que vivemos (para os dias de hoje), concluindo a mensagem enfatizando a graça de Deus e do nosso Senhor Jesus Cristo para vivermos em nossas vidas essa lição aprendida]

7. Oração final

Para saber mais a respeito das sentenças de transição, assista o vídeo abaixo:

Veja também:

A importância da proposição na pregação

Dicas para uma pregação eficiente

5 dicas para ter mais clareza na sua pregação

O foco da condição decaída na pregação

Conheça os tipos de sermões

Comentários