/O pregador deve orar e jejuar

O pregador deve orar e jejuar

Eu acredito que todo o pregador já passou pela experiência de ter uma mensagem poderosa vinda de Deus, fundamentada na Sua Palavra, a qual consideramos, que esta mensagem iria realizar um grande impacto na vida das pessoas de nossa congregação.

Mas quando assumimos o púlpito e olhamos para os bancos aquelas pessoas não estão lá. O que aconteceu?

A princípio acreditamos ser coincidência, mas com o passar do tempo estas “coincidências” costuma acontecer com mais freqüência.

Satanás procura por muitos meios impedir as pessoas de ouvirem a Palavra de Deus. Esta afirmação é um fato. Falamos a respeito deste assunto no artigo: As armadilhas de Satanás contra a pregação.

Me lembro de meu espanto, quando fui confrontado com os escritos de Ellen White em que ela fazia a seguinte declaração:

“Posto que oculto das vistas, está ele [Satanás] a trabalhar com toda a diligência para dirigir o espírito dos adoradores. Semelhante a um hábil general, formula de antemão seus planos. Vendo ele o mensageiro de Deus examinando as Escrituras, toma nota do assunto a ser apresentado ao povo. Emprega então todo o seu engano e astúcia no sentido de amoldar as circunstâncias, a fim de que a mensagem não atinja aqueles a quem ele está enganando a respeito daquele mesmo ponto. Alguém que mais necessite da advertência estará empenhado em alguma transação comercial, que requer a sua presença ou de algum outro modo será impedido de ouvir as palavras que se lhe poderiam demonstrar um cheiro de vida para vida.”

Trecho extraído do livro O Grande Conflito

Esta declaração é tremenda. Onde a Palavra de Deus for pregada, esforços serão realizados para que as pessoas não a recebam.

No entanto quando o mesmo Satanás sabe que a Palavra de Deus não será pregada, ele não se empenha tanto em impedir que as pessoas se dirijam aos cultos. Afinal de contas, você pode ter um pouco de socialização, animação, louvor e espiritualização em sua vida, faz parte, desde que os assuntos e temas que serão abordados nesta reunião não te conduzam para a Palavra da Verdade e você continue escravo do engano.

Mas quando pregadores fiéis a exposição da Palavra de Deus, se preparam para o próximo sermão, pode ter a certeza que Satanás procurará por todos os meios impedir as pessoas de ouvi-los.

Diante desta realidade, o pregador deve se preparar em oração, não somente pela mensagem que está desenvolvendo, mas também com jejum e intercessão pelos que precisam ouvir esta mensagem.

Pois as hostes demoníacas buscam de todas as formas os distrair, os impedir, os atrapalhar para receber a mensagem que através do Espírito Santo pode impressionar, pode libertar, pode converter e pode salvar.

O pregador e aqueles que o auxiliam, que o suportam precisam orar por aqueles que serão o alvo de sua mensagem de pregação, para que o poder das trevas não prevaleça nas vidas deles.

Podemos ser tentados a imaginar que se o pregador é de Deus o templo estará cheio, podemos pensar que se a mensagem for verdadeira o templo estará cheio porque Deus irá levar estas pessoas para receber a mensagem.

Meu irmão, não se engane, quantas pessoas ainda permanecem no erro e no engano a sua volta? Você realmente acha que Deus não quer salvar estas pessoas? Que Ele não quer que elas sejam libertas do engano? É claro que Ele quer!

Mas quer também que você ore por estas pessoas, que você se preocupe com a salvação destas pessoas e não somente pregue a mensagem para elas.

É muito comentado no meio evangélico que o grande pregador Billy Graham, antes de iniciar as suas cruzadas evangelísticas,  solicitava que orassem se possível todos os dias pela programação que iria ocorrer durante um ano antes do inicio da cruzada.

Portanto gostaria de finalizar este artigo sugerindo a você um incremento à sua lista de oração, incluindo mais alguns motivos para se orar e se possível também jejuar:

  • Ore pela preparação da mensagem, para que o Espirito Santo o ilumine e o guia por toda verdade;
  • Ore por sua própria consagração, por sua santificação;
  • Ore para que Deus prepare o coração dos ouvintes para receber a mensagem com alegria;
  • Ore para que os anjos de Deus livre os ouvintes das garras do mal e que Satanás não os impeça de comparecer as reuniões;
  • Ore para que o Espírito Santo mova a vontade dos ouvintes para comparecerem a reunião;
  • Ore antes do sermão e durante o sermão se necessário for, para que nenhuma distração atrapalhe a proclamação e o entendimento da Verdade.
Este artigo foi útil?

Deixe seu comentário

Pregador e instrutor bíblico, historiador e editor do site http://pregandoapalavra.com.br