/A pregação instrutiva de Martyn Lloyd-Jones

A pregação instrutiva de Martyn Lloyd-Jones

Martyn Lloyd-Jones tinha por hábito realizar três tipos de pregações durante a semana, são elas: Pregação Experiêncial nos domingos de manhã, Pregação Evangelístico aos domingos a noite e Pregação Instrutiva as sextas-feiras à noite.

Neste artigo veremos como era a Pregação Instrutiva de Martyn Lloyd-Jones.

Nas sextas-feiras à noite, Lloyd-Jones praticava uma forma mais instrutiva de pregação. Começou uma série de estudos bíblicos às sextas-feiras, no início de seu ministério na Capela de Westminster, enfocando principalmente o ensino das sãs doutrinas a cristãos.

Era uma pregação que exigia pensamento mais profundo, sob o cuidadoso escrutínio da Escritura. Sua primeira série às sextas-feiras foi sobre as grandes doutrinas da Bíblía (oitenta e um sermões, pregados de 1952 a 1955). Longe de serem palestras secas, estas mensagens foram entregues com todos os elementos da pregação dinâmica. E foi seguida por uma magisterial exposição do livro de Romanos (372 sermões, pregados de 1957 a 1968), terminando em Romanos 14.17, quando ele se aposentou do púlpito de Westminster.

Martyn Lloyd-Jones sabia da importância de alimentar seu rebanho com alimento sólido, permitindo que sua igreja fosse edificada sobre o fundamento das doutrinas bíblicas. Pregando instrutivamente pelo menos uma vez por semana, Lloyd-Jones ensina aos pregadores de hoje, como evitar alguns problemas que são comuns em nossa igreja, são eles:

  • Apostasia – ao pregar doutrinariamente membros novos e antigos são confirmados na fé, recebendo alimento sólido para deixarem de ser cristãos bebes e se tornarem cristãos maduros dispostos a enfrentarem as dificuldades da vida cristã.
  • Heresia – a sã doutrina de Deus é aquela que está fundamentada em Sua Palavra, portanto para ser ensinada, a Bíblia precisa ser estudada sistematicamente, dessa maneira os ouvintes se tornam estudiosos das Escrituras e vacinados contra heresias e doutrinas de homens.
    • Subdesenvolvimento da Igreja – crescimento espiritual é o fruto esperado de uma igreja saudável, uma igreja fortemente doutrinada nas Escrituras, é uma igreja disposta a cumprir a missão dada por nosso Senhor Jesus de ir e pregar o evangelho a todo povo, nação e língua.

Pregadores são chamados hoje a pregar o Evangelho, pregar a salvação pela graça sem deixar de lado a pregação que instrui os crentes em toda a verdade bíblica.

Este artigo foi útil?

Pregador e instrutor bíblico, historiador e editor do site http://pregandoapalavra.com.br